Cruz Expectante (r)
Página Inicial
Vida e Obra do Patrono da Igreja Expectante
Textos de ou sobre Cedaior, Sevãnanda, Thoth e Ischaïa
Biblioteca
Mapa dos Núcleos
Perguntas Frequentes
Entre em Contato
Como entrar para a Egrégora Expectante

 


O TRABALHO DOS GRUPOS

Ensinamentos da Amada Kwan Yin, Senhora da Misericórdia

Comentados pela MADRE VIOLETA, La Plata, Argentina

QUARTA-FEIRA, 12/05/2010, 17h42


Em seus Paramentos Espirituais, todos vocês, amados estudantes, se ofereceram voluntariamente para atuar como Portadores da Luz no mundo da forma.

 

MADRE VIOLETA – Todos nós que já chegamos a uma Obra Espiritual temos prometido, nos temos oferecido para expandir luz ao nosso redor, para todos que já estão sensíveis, despertos para a Luz. Para que possam ajudar mais aos que vêm atrás.

 

 Vocês aceitaram unificar seu Serviço cooperativo em Grupos que estabeleçam a Radiação do Reino dos Céus na Terra.

 

MADRE VIOLETA – O que é o Reino dos Céus? O Reino dos Céus é amor, é misericórdia, é perdão, é pureza, tudo que está de acordo com Deus. Nós prometemos expandir, expandir estas belas qualidades ao nosso redor, SEGUNDO O QUE JÁ PODEMOS FAZER, EM NOSSA EVOLUÇÃO. De acordo com nosso estágio de evolução, podemos expandir mais luz ou menos luz. Então, na medida em que vamos crescendo, alcançando mais luz, mais luz podemos projetar.

 

       Vocês aceitaram livre e alegremente a oportunidade e o compromisso de Serviço com os Mestres.

 

MADRE VIOLETA – Estamos tristes? Estamos tristes? Não!!! Porque o Serviço deve ser prestado com alegria, nunca com tristeza, nunca dizer “Ai, tenho que fazer isto... Ai, tenho que fazer aquilo”, se não com alegria, porque os que vêm aqui o fazem com alegria porque vêm livremente. Não se obriga nada a ninguém. A porta está aberta. A não ser que esteja frio, aí nós a fechamos. Porém, se pode entrar ou sair quando queiram.

 

       Esta Atividade de Célula Avatar (de Grupo) está protegida e iluminada por Nós (pelos Mestres) e lhes requeremos, lhes pedimos que nos chamem frequentemente.

 

MADRE VIOLETA – Chamemos os Mestres! Digamos “Venham, Mestres, venham ajudar-nos a servir melhor, venham ajudar-nos a não cometer erros, venham, venham, necessitamos de ajuda”. Eles nos pedem que os chamemos! Porque nosso chamado é sinal de que aceitamos o amparo Deles, e viver livres, em liberdade. Este Ser que amanhã vamos honrar, Jesus, porque é o Dia de Sua Ascenção à Luz, este Ser nos ensinou: “Pedi e dar-se-vos-á”. Está claro isto, não?! Pedi e se vos dará. Por isso devemos pedir ajuda, pedir iluminação, pedir para ser guiados, para fazer algo bom, ou muito bom... Se quiser fazer muito, então peça muito... E cumpra!

 

Também temos a possibilidade e o privilégio de chegar perto de vocês e pedir-lhes que se amem sem relutância, que perdoem e se perdoem e, assim perdoados, expandam a radiação de Misericórdia Divina através de seus Serviços (grupos, ordens, igrejas e afins).

 

MADRE VIOLETA – O que nos pedem é: amarmo-nos e perdoarmo-nos. Assim cada vez mais limpamos, vivificamos nossa energia. Quanto mais amamos, quanto mais pedimos perdão, mais pureza em nossa energia. Tudo é para o bem.

 

Digo-lhes isto enquanto muitos Seres do Raio Violeta Lhes irradiam o Amor Compassivo e Misericordioso. Que lhes transmute e lhes libere para que se unifiquem mais seus esforços a cada dia, e sejam assim capazes de canalizar maiores dádivas de Misericórdia, Compaixão, Perdão e possam irradiar Chamas Violetas para que inundem a atmosfera da Terra e suas evoluções.

 

MADRE VIOLETA – Porque estes dois Seres, Senhora Kwan Yin e Senhora Porthia, são do 7º Raio, o Raio Violeta. Então, se ajudam, cooperam com o Mestre Saint Germain a limpar a Terra, a purificar o planeta. Quanto mais damos boa energia, mais se purifica o planeta. Há que dar boa energia. Não há que dar uma só energia não boa a ninguém. Então, se estamos protegidos, estamos iluminados e tudo está bem em nossas vidas. Por isso somos felizes, alegres e está tudo bem em nossa vida. O que não está bem já vai estar.

 

(Na platéia, uma ouvinte pede licença para lembrar: “Há, Madre, um ensinamento da Senhora Porthia, que nos diz para não termos medo de pedir Justiça Divina. A Justiça Divina é puro amor. Não é a justiça terrena. Assim, Ela nos oferece, com a humildade dos Céus, toda a Sua assistência para que tenhamos o melhor em nós”.)

 

MADRE VIOLETA – Este é um mês de Oportunidade. Quanto mais dermos, mais vamos receber, em agradecimento e por misericórdia destes Seres. Ainda que não peçamos nada para nós, não importa... Virá igual... É dar e receber, dar e receber.

 

       Não permitam que as couraças de qualidades imperfeitas e de desequilíbrio continuem governando seus seres e atividades. Promovam uma mudança em sua vida interna e transmitam essa mudança aos que lhes rodeiam.

 

MADRE VIOLETA – Esta é nossa responsabilidade. Por isso lhes dizia nesta tarde, amados irmãos (dirigindo-se especialmente aos Expectantes presentes), que temos a responsabilidade de convidar (para conhecer a Obra). NÃO OBRIGAR. Porém, fazer conhecer, sim! Porque, se não se conhece o que (as Obras) estão fazendo, como poderão vir novos irmãos para serem felizes? Então, não se trata de fazer propaganda, que custa tanto... Não, nada de dinheiro! Fazemos expansões, falamos sobre o ensinamento. Nunca pedimos nada. A alegria nossa é expandir (os conhecimentos) e ver se vão chegando mais irmãos. E ver que cada irmão que chega é logo feliz.

 

Tenham confiança na Luz, tenham fé na luz, e transmitam essa confiança aos demais.

 

MADRE VIOLETA – Este ser que vamos honrar amanhã, o que Ele dizia? “De acordo com tua fé, assim se manifestará”. Já vi que estamos muito ligados (Chama Violeta e Igreja Expectante) a Jesus. De acordo com tua fé, assim se manifestará!

 

Vocês devem promover uma mudança de vibração em seus veículos e elevar a frequência vibratória em tudo com que tomem contato.

 

MADRE VIOLETA – Se eu te dou a mão, irmão (novamente dirigindo-se aos brasileiros presentes), se te estendo a mão, e o faço dizendo um bem para ti, essa energia te abençoa. Se te dou a mão dizendo o contrário, esta energia vai criar uma ação em ti, e a responsável serei eu. Há que ter cuidado com o que emana de nós. Tenhamos cuidado com o que irradiamos. Somos responsáveis por tudo que sai de nós. Se for bom, terá uma boa conseqüência. Se não for bom, terá uma consequência de dor, doença, de coisa não boa. Cuidemos com o que irradiamos, como pede a Senhora Kwan Yin. Cuidemos! Com o pensamento, com a palavra, com o gesto, com a ação, o sentimento... Cuidado! Cuidado! Depois, não nos queixemos se tivermos um retorno que não for agradável. Devemos lembrar isto a todos.

 

Vocês devem promover, repito, uma mudança de vibração em seus veículos e elevar a frequência vibratória em tudo que contatem.

 

MADRE VIOLETA – Assim que, ao dar a mão a alguém, já lho poderá estar levando. E, mais que isso, já poderá lho estar irradiando.

 

Esta energia que flui está sendo projetada a cada campo de força, unificando esta Atividade em prol da Nova Era.

 

MADRE VIOLETA – Não sei se no Brasil se fala na Nova Era?... (Respondemos que sim). Aqui se fala muito na Nova Era que estamos criando, de acordo com nossa energia. Não é de acordo com quanto dinheiro tenhas no banco. Não! É quanto à energia que irradias... Isto há que entender... Isto é importante.

 

Pratiquem o Amor entendedor…

 

MADRE VIOLETA – O amor que entende! E, se eu entendo um ser que está cometendo um erro, não vou criticá-lo, não vou repreendê-lo. Vou ajudá-lo a elevar-se com uma boa radiação! Entendam, compreendam: se um ser humano se está equivocando, quantas vezes eu estive equivocada? Quem sou eu para criticar o irmão? Não criticais para não serdes criticados. Não julgueis para não serdes julgados. Jesus. Hoje estamos recordando muito Jesus, já estamos nos preparando para este belo Dia de Ascensão. Se eu comento o erro de um ser com outro ser, já estou agregando uma porção de sombra a mim mesma. Nunca comentar nada. Irradiar, sim! Por isso que, quando alguém quer comentar algo, damos uma volta, fazemos uma brincadeira e mudamos de assunto.

 

Pratiquem o Amor Compassivo. Saibam que no centro-coração de toda a vida está a Misericórdia e envolvam nesta Proteção Divina as crianças, consagrando-as a uma vida na Luz.

 

MADRE VIOLETA – (dirigindo-se aos pais do bebê) Sabem o que ensina a Senhora Kwan Yin? Ensina que quando o bebê está dormindo devemos irradiar a ele muita Chama Violeta, Misericórdia, irradiar o Amor da Senhora Kwan Yin, e Ela vai ajudar este bebê a desenvolver-se em melhor qualidade de vida. Ela chama os bebês, as crianças, os jovens e sempre trata de ajudá-los muito. Assim que podemos ajudar este que está hoje aqui. Vamos pedir à Amada Kwan Yin que este belo bebê que temos hoje conosco receba Sua bênção, Sua irradiação e que se vá melhor na viagem de volta do que veio.

 

Como uma Irmã da Misericórdia, EU OS ESTOU envolvendo em Meu Amor Perdoador e expandindo esta Radiação em Bendição de seus lares e famílias que Eu assistirei se assim Me pedirem. Estou energizando um Lótus Púrpura em seus corações, no coração de seus familiares, no coração de seus Grupos…

 

MADRE VIOLETA – Vocês se recordam de que esta Bendita Irmã, Senhora Kwan Yin, nos ensinou a pensar, visualizar, que temos uma Flor de Lótus no coração e nos ensinou a irradiar boa energia de perdão a um ser que já vamos perdoando por toda a vida, a um ser que nos custa a lidar, que isso, que aquilo... Deste Lótus, enviar uma boa energia Violeta, perdoando. Ficaremos livres completamente de recordar um fato não agradável. A receita para não recordar fatos desagradáveis nos deu o Mestre Saint Germain: “Te vem uma recordação negativa, uma recordação não boa? Faça uma declaração de amor! A quem? Ao que estiver em teu coração”... Exemplos: Como amo ao Mestre AMO, como amo ao Mestre Saint Germain, como amo a meu filhinho, como amo ao sol... Enfim, o que cada um ame. Faças uma declaração de amor e, quando o assunto voltar a ti, terás esquecido toda a parte negativa. Se te aparece (a lembrança) dez vezes, dez vezes o faças até que a memória não volte mais. Saint Germain! Repita até que logre a paz. É uma formosa receita. Vejam que amoroso Mestre temos, que nos ensina tudo com base no amor. E isto também serve para os medos. Se alguém tem um medo gravado na parte etérica... Que medo, que nada... Ah, amado Saint Germain... Ai, como amo... O que você quiser!... Se estou amando, já não tenho medo de nada. Já chegou a paz. São todas receitas práticas de amor que ninguém pode dizer que não pode utilizar. Alguém pode dizer que não quer fazê-lo. É a tua liberdade! Porém, ninguém pode dizer que não pode fazê-lo! É mentira!

 

A Flor de Lótus é um belo símbolo, porque pode ser de um profundo matiz púrpura, quando se requer transmutação, pode ser de um matiz mais suave de violeta, a doce Misericórdia Amorosa; ou pode ser de um matiz água, branco, que é Cura das emoções.

 

MADRE VIOLETA – “Ai, estou chateada, perdi a paz”. Ponho a atenção neste Lótus, o imagino, o visualizo irradiando-me uma bela energia “água” ou branca e vou acalmar a parte emocional. Assim, fácil. E não há nada que não possamos fazer se aceitamos acalmarmo-nos, amar, tranquilizarmo-nos.

 

Concentrem-se nesta Flor de Lótus e atraiam dela o que mais estejam necessitando.

 

MADRE VIOLETA – Ou um violeta claro, ou um violeta profundo, segundo o que tenham que transmutar. Uma bela radiação de cura. Esta, todos têm! A Flor de Lótus, temos que pensar que a podemos levar gravada no coração. Este mês e sempre. Vai depender de a sustentarmos ou não. A Senhora Kwan Yin não é só este mês. A Senhora Kwan Yin sempre está atenta. Porque ela renunciou, por ora, a estar em partes mais elevadas, chamadas Nirvana e demais, para poder dar assistência à Terra. De passagem, pergunto ao irmão brasileiro: na sua Obra, aceitam a Junta Cármica? (Respondemos como uma pergunta: Junta???) Sim, são nove Seres que se ocupam de nossa evolução... (Aceitamos a Lei do Carma, a Lei do Choque de Retorno, a Lei da Compensação, mas nunca tratamos de uma Junta...) Nós aceitamos, pois nos ensinam os Mestres que no mês de junho e no mês de dezembro há nove Seres que nos olham, nos observam para ver que ajuda nos podem dar para limpar nosso carma. E neste ano (2010), como já estão dois Seres ativos, temos já por dois meses ativa a Junta Cármica. Assim que nos podemos liberar, liberar e liberar mais e mais de nossas sombras, com a Misericórdia, Perdão e Amor destes Seres que nos ajudam. Aproveitemos bem! Não deixemos de pedir perdão por qualquer fingimento que tenhamos. Não só dizer um fingimento ou falsidade, mas enfermidade, dor no corpo... Isso tem uma causa. É uma sombra. Pedir que seja transmutada e liberada esta sombra e oferecer algo em troca. Isto é muito lindo... “Estou pedindo que seja liberada desta moléstia que tenho em tal lado. E ofereço estar atenta, a não perder minha paz para nada nesses dois meses”. Então, ofereço uma boa energia porque uma energia que não perde a paz é boa. Ofereço não comer tal coisa, não usar tal coisa, ter tal hábito... Enfim, oferecer algo, em troca de ser mais transmutado, mais purificado e, logicamente, viver sem cometer erros. Tudo isto é misericórdia. Por isso não nos cansamos de repetir, repetir o mesmo. Nas rádios, nas palestras, tratamos de dizer as coisas de modos diferentes porque, se não chegou de uma forma a alguém, chega de outra forma a outro.

 

O Perfume do Meu Lótus abençoará suas vidas.

 

MADRE VIOLETA – Mais carinhosa, mais amorosa não pode estar...

 

                       MADRE KWAN YIN

 

 

© Todos os direitos reservados © Egrégora Expectante - Site Oficial   
igrejaexpectante@igrejaexpectante.org