Cruz Expectante (r)
Página Inicial
Vida e Obra do Patrono da Igreja Expectante
Textos de ou sobre Cedaior, Sevãnanda, Thoth e Ischaïa
Biblioteca
Mapa dos Núcleos
Perguntas Frequentes
Entre em Contato
Como entrar para a Egrégora Expectante

 

 
Batismos e Sagrações em São Paulo

Por Teodoro de Mendonça, Sacerdote Expectante e Cavaleiro da GOCPL


O Núcleo Expectante São Paulo, dirigido pelo Sacerdote Teodoro de Mendonça, viveu neste sábado mais um ágape espiritual. Dois postulantes, Renan de Souza Romão e outro, que prefere não ser identificado no momento, de iniciais F. H. O., foram batizados na Igreja Expectante. Logo em seguida receberam a Consagração do Batismo e a Sagração ao Noviciado.
Habilitaram-se, assim, a ingressar no Curso de Formação Sacerdotal Expectante e já receberam a primeira das sete Instruções.
Sempre é bom ter em mente aquilo que o Sacerdote Teodoro bem enfatizou aos novos fiéis, na ocasião: "As Instruções devem ser lidas, praticadas e absorvidas e, assim sendo, não importa o tempo decorrido para serem respondidas. Não tenham pressa, pratiquem e aproveitem os ensinamentos ali contidos. Podem parecer infantis, para os ditos 'instruidos' ou 'sábios', mas ao longo do tempo irão perceber seu verdadeiro conteúdo, ou seja, o de propiciar as vossas evoluções, para que quando retornarem para as vossas origens (desercanarem), estejam realmente prontos".

Que assim seja!

Após terem sido iniciados na face pública e visível da nossa Egrégora, a Igreja Expectante, os candidatos confirmaram o desejo de ingressar também na senda interna dos trabalhos, a qual chamamos "Cavalaria Cristã", em homenagem aos Rosacruzes e Martinistas do século XVII. Assim, os dois receberam a Sagração de Cavaleiros de 1º Grau d'A Grande Ordem dos Cavaleiros de Philippe de Lyon. O 1º grau da GOCPL é o grau da solidariedade, da Rosa Vermelha... Que as Rosas possam florescer em suas Cruzes! OM et Amém!

Coroando o cerimonial da manhã de sábado, os Cavaleiros Solidários Ricardo Lacerda de Souza e João Antonio Cruz Junior foram elevados ao 2º grau da Ordem, o grau de Cavaleiro Fraterno, da Rosa Amarela. A elevação se deu por merecimento, dedicação ao próximo e cumprimentos de seus Juramentos, conforme atestou o Iniciador Teodoro.

 

 

© Todos os direitos reservados © Egrégora Expectante - Site Oficial   
igrejaexpectante@igrejaexpectante.org