Cruz Expectante (r)
Página Inicial
Vida e Obra do Patrono da Igreja Expectante
Textos de ou sobre Cedaior, Sevãnanda, Thoth e Ischaïa
Biblioteca
Mapa dos Núcleos
Perguntas Frequentes
Entre em Contato
Como entrar para a Egrégora Expectante

 

 
Relatórios de Consagração Sacerdotal


No último mês de maio, durante o Encontro Anual Expectante, CLIQUE AQUI PARA LER, duas Sacerdotisas de 1º Grau ligadas ao Núcleo Expectante Joinville, em Santa Catarina, foram elevadas.

 

Em cada uma dessas oportunidades, os que recebem a Ordenação são convidados a relatar suas impressões e vivências por ocasião da cerimônia, e até mesmo sobre períodos antes e após o Ato. Feita a solicitação, o Sacerdote Ordenador fica aguardando os possíveis textos, sem cobranças, em espera amorosa. Alguns relatórios chegam rapidamente. Outros requerem mais tempo até serem entregues.

 

Isso pode se dar como resultado da luta interna em aceitar e assimilar a Transmissão Sacerdotal. Passado o período de “incubação”, no entanto, o novo Sacerdote de 2º grau apresenta o seu trabalho.

 

Abaixo, a emocionante narrativa da Sacerdotisa Veronica Sprung Miyata:

Joinville, 8 de maio de 2011.

 

Dia emocionante, hora especial, quando recebi do Irmão Geraldo a consagração ao 2º Grau Expectante, com a bênção e permissão da Matriarca Ischaïa e apoio de toda a irmandade que se fazia presente.

 

Senti forte a presença do nosso querido e amado Mestre Thoth, com sua ternura e carinho que tinha por todos nós, e também a do nosso saudoso e amado Otavio, Sacerdote de 1º Grau. Ambos já estão no plano superior.

 

Não parecia real quando Geraldo, Sacerdote do 2º Grau, anunciou meses antes sua intenção e disposição de consultar a Matriarca sobre consagrar a mim e a Sacerdotisa Cathia ao 2º grau. Mas não fui tão resistente quanto na ocasião em que estava para ser consagrada ao 1º. Mesmo assim, fiquei apreensiva. Mas chegou o dia, foi muito, muito especial.

 

O Encontro Anual também foi maravilhoso. A Matriarca nos presenteou com a realização do evento em nossa cidade.

 

Agradeço a todos que, mesmo sem a presença física, aqui estiveram. Espero corresponder à expectativa dos Mestres, pois sei que estão “expectantes”, esperando o meu desempenho e trabalho.

 

Que eu não os decepcione. Não sei a expectativa que há sobre mim, mas que eu sempre possa me situar e sentir a vontade deles.

 

À toda a irmandade os meus mais sinceros votos de Saúde.’. Paz.’. União.’.

 

Veronica Sprung Miyata

 

 


Agora o relatório da nova Sacerdotisa do 2º Grau, Cathia Cristhina da Silva:

Primeiramente a surpresa ao saber que o Encontro seria em Joinville. A responsabilidade de sediar um evento como esse, geralmente de poucos presentes, mas de uma força espiritual muito grande. A Matriarca, que organizou os primeiros Encontros, e o grupo de Belo Horizonte, que recebeu o último, sabem disso. Senti-me feliz e desafiada a fazer o melhor pelos Irmãos e Irmãs que se propuseram e se dispuseram a vir. Com muito carinho, preparamos tudo.

 

Este mesmo carinho e calor humano recebemos dos Irmãos e Irmãs presentes. As experiências compartilhadas, lições dos Mestres que foram estudadas, contribuíram muito para o nosso crescimento espiritual. Com certeza as colocaremos em prática, no dia a dia, o que é o principal. Pois não adianta de nada saber se não se puser em prática.

 

Muito me senti presenteada ao ser convidada a oficiar o Ritual da Comunhão Expectante na manhã da abertura dos trabalhos do Encontro Anual. Foi a primeira vez que tive esta oportunidade com a Matriarca presente. No nosso Núcleo, desde sempre, as mulheres oficiam os rituais, em regime de revezamento com os homens, de maneira igualitária. Geraldo sempre nos lembra de que a mulher tem útero, o poder da criação. E de que um ritual oficiado por mulher é especial e com uma “magia” diferente.

 

Dias antes, talvez um mês antes do Encontro, o Sacerdote Geraldo, devidamente autorizado pela Matriarca, informou a mim e a nossa querida Irmã Veronica que seríamos consagradas ao segundo grau do Sacerdócio Expectante. Dias de muita reflexão, dúvidas e cobranças se seguiram até chegar o momento da Consagração.

 

Na manhã daquele sábado um lindo raio de sol penetrou o Templo ao iniciar das cerimônias. Após o ritual de Batismo e Consagração ao Sacerdócio de 1º Grau dos queridos Irmãos Antônio Neto e Bhogam, começou, então, o ritual de elevação de grau meu e de Veronica.

 

Receber mais esta missão justamente com Veronica me deixou muito feliz, pois a “Madinha”, como carinhosamente a chamamos, é uma especial amiga, companheira de todas as horas, a segunda mãe de meu filho Valentino Thoth. Ela tem grande experiência de vida. É uma grande luz que Deus colocou em meu caminho. Tenho muito que aprender com ela.

 

Ter recebido essa indicação através de meu marido e companheiro de todas as horas Geraldo foi também muito especial. Ele me ajuda todos os dias. Está sempre me dando dicas ou conversando comigo sobre os ensinamentos dos Mestres.

 

Durante o ritual senti ainda mais forte esta ligação. Os momentos mais especiais e marcantes da minha vida passei ao lado dele e, com certeza, este foi um deles.

 

Mais uma etapa vencida. Os sentimentos ficarão guardados no coração, mas agora a vida segue seu curso e espera de mim ainda mais trabalho. O que posso dizer é que continuo de pé e à ordem!

 

A todos os presentes em corpo, alma e espírito, meus sinceros agradecimentos e votos de Saúde.’. Paz.’. União.’.

 

Cathia

 

 

© Todos os direitos reservados © Egrégora Expectante - Site Oficial   
igrejaexpectante@igrejaexpectante.org